MEUS SEGUIDORES

segunda-feira, 2 de julho de 2012

CHANCE NA VIDA. ( SARAH CHEN ).



Às vezes quando as coisas não são como
Nós gostaríamos que fosse,
A vida dá uma chance para vermos se
Estamos sendo realistas ou sonhadores.
A realidade é uma rua sem saída,
Ou você encara por bem ou por mal.
Lembre-se que fugir das coisas pode até
Ser simples e fácil de resolver,
Mas na medida em que você vai afastando,
Mais ela vai te puxando, te prendendo e alertando
Que ela pode ser mais perigosa do que o início.
Os sentimentos são tão poderosos que dependendo
Da força que eles têm, eles podem fazer
Coisas que até mesmo o coração suspeita.
Tamanha dor que sinto ao encarar a realidade,
Ao ver que nem as palavras são poderosas
O suficiente para escapar do mundo agora.
QUEM DISSE QUE TENHO LIBERDADE PARA RECLAMAR?
Eu que sempre fui sucedida,
Agora por não conseguir encarar um fato real,
Vou inundar cobertor com lágrimas de choros e dor?
QUE TIPO DE PESSOA ME TORNEI?
Não gostaria de seguir em frente
Sem me desculpar, pois a falha do ser humano
Não está em descobrir que erra,
ESTÁ Em descobrir algo de muito mais valor,
Que o errar não se pode impedir,
Apenas conseguir VENCER...
Sarah Chen

2 comentários:

  1. Profa querida.
    Adorei a reflexão de hoje. E que o Espírito Santo nos ilumine para que possamos celebrar a vida sem medo de ser feliz.
    Parabéns e obrigada pela sua participação no blog.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga, fico agradecida pela sua visita e feliz pelos seus elogios, seus comentários são muito importantes.Abraços, volte sempre

    ResponderExcluir

Muitas vezes, a correria de nossas vidas nos impede de dar atenção ao que realmente vale a pena. E agradecer é uma das coisas que acabam ficando esquecidas na correria do dia-a-dia.
Pode ser por um simples favor ou por uma grande atitude, mas o agradecimento nunca deve ser esquecido. Obrigado Por Sua Atenção e Pelo Carinho e por ter vindo até aqui e deixando seu comentário importantíssimo para o engrandecimento das postagens. SEJA SEMPRE BEM VINDO(A) Profª Lourdes Duarte