MEUS SEGUIDORES

domingo, 2 de junho de 2013

O QUE É FORRÓ?, ORIGEM DO NOME E CARACTERÍSTICAS,



O QUE É FORRÓ?




    Forró não é dança, nem música, é tudo isso e mais um bocado de coisas. É um gênero que aglutina várias faces de um modo particular de viver e ver o mundo em uma determinada região do Brasil, o Nordeste. Quem começou tudo isso foi Luiz Gonzaga, pedindo permissão para o Pai Januário, grande tocador de 8 baixos em Exú, Sertão de Pernambuco. Como resultado de um conjunto de fatores tais como o clima do Sertão, Agreste e Zona da mata, o Nordestino se veste variando entre a xita, o xadrez, a calça comprida e camisas de malhas longas para se projeter do sol e do frio, da umidade e das palhas da cana de açúcar, o couro que proteje dos espinhos e das mordidas de cobra, o chapéu que oferece dignidade ao matuto. Indumentária é Forró. Uma cozinha que tem no milho sua base, nos grãos de arroz, feijão, na carne de bode e nos sucos de cada região pelo tempo das frutas. Culinária, gastronomia, é forró. Levada de baião, xote, pé-de-serra, marchinha junina, cocos, boi rural, xaxado (dança dos cabra de lampião), viola de 10 e 12 cordas e improvisos geniais dos repentistas, fazem parte do gênero forró. Não é uma coisa só. São várias, e diferentes! Nesse contexto de riqueza de detalhes de comportamento e filosofia de vida, uma literatura específica é também parte do forró, a literatura de cordel e os vários livros lançados com a vida e obra de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Pinto do monteiro, Zé Limeira, emendados com os clássicos de João Cabral de Melo Neto e Gilberto Freyre. Forró é filosofia de vida. Filosofia.




Origem do nome Forró


    A origem do nome forró tem várias versões, porém a mais aceita é a do folclorista e pesquisador da cultura popular,Luiz Câmara Cascudo. Segundo ele, a palavra forró deriva da abreviação de forrobodó, que significa arrasta-pé, confusão, farra. 

    Não se sabe ao certo a origem da palavra Forró. Segundo alguns historiadores o nome Forró era usado só para designar o local onde aconteciam os bailes e só mais tarde foi caracterizado como estilo musical, derivado do Baião. Forró também é redução de 'forrobodó' , que por sua vez quer dizer: arrasta-pé, farra, troça, confusão, desordem, rolo. É baile popular. Está é a definição do Novo Dicionário da Língua Portuguesa onde podemos perceber é que o uso da palavra forrobodó para definir os bailes populares tinha um lado de preconceito, que na verdade ainda acontece hoje só que em menor escala, pois agora podemos notar com frequência a presença de pessoas das classes mais altas participando desse tipo de manifestação. Uma outra definição da palavra Forró provém da expressão inglesa For All, que significa para todos. Acredita-se que os ingleses ofereciam festas aos operários que trabalhavam na construção das estradas de ferro da região Nordeste e os convidavam utilizando esse termo. Outro significado para a origem da palavra forró é a de significar um baile comum, sem etiqueta, denominada pelo povo de "Forrobodó", e, que, com o passar do tempo, por ser mais fácil pronunciar, acabou virando "forró". Seja qual for a versão correta, o forró passou a ser o gênero musical característico dos Festejos Juninos. Uma típica banda de forró tem que ter: sanfoneiro, pandeirista, zabumba e triângulo. E com o ritmo desses instrumentos veio a dança dos casais. O mais importante divulgador do forró foi o músico Luiz Gonzaga, pernambucano de Exu, sertão nordestino. Luiz Gonzaga morreu em 1989, mas deixou imortalizado o forró, assim como o Baião. Na definição de Luiz Gonzaga, Forró é baile de ponta de rua, dentro da zona boêmia, de letra provocante e geralmente insultuosa, contando proezas e valentias. A primeira gravação em disco, cujo título evidenciava a palavra Forró, como local de dança foi em 1949, por Luiz Gonzaga . Gonzaga gravou o Baião intitulado "Forró de Mané Vito", dele em parceria com Zé Dantas, que mostrava muitas das características dos forrós.



Características 


De acordo com pesquisadores, o forró surgiu no século XIX. Nesta época, como as pistas de dança eram de barro batido, era necessário molhá-las antes, para que a poeira não levantasse. As pessoas dançavam arrastando os pés para evitar que a poeira subisse.

Uma das principais características do forró é o ato de arrastar os pés durante a dança. Esta é realizada por casais, que dançam com os corpos bem colados, transmitindo sensualidade.

Embora seja tipicamente nordestino, o forró espalhou-se pelo Brasil fazendo grande sucesso. Foram os migrantes nordestinos que espalharam o forró, principalmente nas décadas de 1960 e 1970.

Atualmente, existem vários gêneros de forró: forró eletrônico, forró tradicional, forró universitário e o forró pé de serra.




Fontes de pesquisas:

http://www.forroemvinil.com/texto-o-que-e-o-forro

http://www.vilaboadegoias.com.br/


          http://papodegordo.mtv.uol.com.br
Imagens: Retiradas do Google




6 comentários:

  1. Muito bom...agora fiquei por dentro do forró.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Dilene, seja bem vinda!! obrigada!!

      Excluir
  2. Que bom estava pesquisando sobre isto mesmo e encontrei seu blog, perfeito, obrigada!
    Paulinha.

    ResponderExcluir
  3. Oi Paulinha, obrigada pela visita, fique a vontade para pesquisar. clique nessas palavras, MÚSICAS JUNINAS e vai abrir nos marcadores que tem mais postagens. Abraçoss

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito do seu blog profª, me ajudou muito!!

    ResponderExcluir
  5. Temos também o forro gaucho com com os seus CTG, centro de tradições gauchas espalhados por todo Brasil.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua Opinião é Muito Importante!
Colabore! Abraços Lourdes Duarte.