MEUS SEGUIDORES

segunda-feira, 23 de abril de 2012

LETRAS DE MÚSICAS QUE NOS LEVAM A REFLETIR




CIDADÃO
ZÉ RAMALHO 


 Tá vendo aquele edifício moço
Ajudei a levantar
Foi um tempo de aflição
Eram quatro condução
Duas prá ir, duas prá voltar
Hoje depois dele pronto
Olho prá cima e fico tonto
Mas me vem um cidadão
E me diz desconfiado
"Tu tá aí admirado?
Ou tá querendo roubar?"
Meu domingo tá perdido
Vou prá casa entristecido
Dá vontade de beber
E prá aumentar meu tédio
Eu nem posso olhar pro prédio
Que eu ajudei a fazer...

Tá vendo aquele colégio moço
Eu também trabalhei lá
Lá eu quase me arrebento
Fiz a massa, pus cimento
Ajudei a rebocar
Minha filha inocente
Vem prá mim toda contente
"Pai vou me matricular"
Mas me diz um cidadão:
"Criança de pé no chão
Aqui não pode estudar"
Essa dor doeu mais forte
Por que é que eu deixei o norte
Eu me pus a me dizer
Lá a seca castigava
Mas o pouco que eu plantava
Tinha direito a comer...

Tá vendo aquela igreja moço
Onde o padre diz amém
Pus o sino e o badalo
Enchi minha mão de calo
Lá eu trabalhei também
Lá foi que valeu a pena
Tem quermesse, tem novena
E o padre me deixa entrar
Foi lá que Cristo me disse:
"Rapaz deixe de tolice
Não se deixe amedrontar
Fui eu quem criou a terra
Enchi o rio, fiz a serra
Não deixei nada faltar
Hoje o homem criou asa
E na maioria das casas
Eu também não posso entrar
Fui eu quem criou a terra
Enchi o rio, fiz a serra
Não deixei nada faltar
Hoje o homem criou asas
E na maioria das casas
Eu também não posso entrar"

Hié! Hié! Hié! Hié!
Hié! Oh! Oh! Oh!

Essa música em termo de melodia é linda! A letra faz uma alusão ao preconceito que os Paulistas têm com o povo nordestino. Preconceito desnecessário, afinal foram os nordestinos que ajudam na construção dessa grande metrópole. Os paulistas deveriam pensar que nessa metrópole a maioria veio de diferentes lugares, cidades países....


Ando Devagar Almir Sater


Ando devagar porque já tive pressa,E levo esse sorriso, porque já chorei demais,Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe,Só levo a certeza de que muito pouco eu sei, ou Nada sei, conhecer as manhas e as manhãs,O sabor das massas e das maçãs.É preciso amor pra puder pulsar, é preciso paz Pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir.
Penso que cumprir a vida, seja simplesmente Compreender a marcha, ir tocando em frente,Como um velho boiadeiro, levando a boiadaEu vou tocando os dias pela longa estrada, eu vou,Estrada eu sou, conhecer as manhas e as manhãs,O sabor das massas e das maças, É preciso amor pra puder pulsar, é preciso paz Pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia, todo mundo chora,Um dia a gente chega, no outro vai embora,Cada um de nos compõe a sua história, cada ser em si Carrega o dom de ser capaz, e ser feliz,conhecer as manhas e as manhãs,O sabor das massas e das maças, É preciso amor pra puder pulsar, é preciso paz Pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir
Ando devagar porque já tive pressa,E levo esse sorriso, porque já chorei de mais,Cada um de nos compõe a sua história, cada ser em si Carrega o dom de ser capaz, e ser feliz
 
Linda composição!!!
quantas vezes andamos tão  depressa na vida, que não percebemos que a felicidade existe, e que ela passou bem perto de nos e deixamos que ela fosse embora  e ai chegamos a certeza: de que  Ando devagar porque já tive pressa, E levo esse sorriso, porque já chorei demais, Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe,Só levo a certeza de que muito pouco eu sei, ou Nada sei... 



Epitáfio

Titãs

 

Devia ter amado
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais
E até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer...
Queria ter aceitado
As pessoas como elas são
Cada um sabe a alegria
E a dor que traz no coração...
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...
Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos
Com problemas pequenos
Ter morrido de amor...
Queria ter aceitado
A vida como ela é
A cada um cabe alegrias
E a tristeza que vier...
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...(2x)
Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr...
 
Quantas pessoas já não estão mais nesse planeta e poderiam ter sido bem mais felizes.
Será!!! e nós o que fazemos com nossas vidas, e com a nossa felicidade, será que não  complicamos  demais!!! Será que estamos tendo tempo para ver o sol nascer!!! e o amor estamos tendo tempo para o amor verdadeiro!!! será que ele ainda resiste ao tempo!!!
Ainda temos tempo para recomeçar, estamos vivos e nem que seja por um dia temos que ser felizes ou será que um dia é muito tempo.  Não importa o que importa é sermos  felizes!!!!

 ADMIRÁVEL GADO NOVO
 (Cássia Eller)






Vocês que fazem parte dessa massa
que passa nos projetos do futuro
é duro tanto ter que caminhar
e dar muito mais do que receber
e ter que demonstrar sua coragem
à margem do que possa parecer
e ver que toda essa engrenagem
já sente a ferrugem lhe comer
eh! oh! oh! vida de gado
povo marcado eh! povo feliz...
lá fora faz um tempo confortável
a vigilância cuida do "normal"
os automoveis ouvem a notícia
os homens a publicam no jornal
e correm através da madrugada
a única velhice que chegou
demoram-se na beira da estrada
e passam a contar o que sobrou
eh!oh!oh! vida de gado
povo marcado eh! povo feliz...
o povo foge da ignorância
apesar de viver tão perto dela
e sonham com melhores tempos idos
contemplam esta vida numa cela
esperam no possibilidade
de verem esse mundo se acabar
a arca de noé, o dirigível
não voam nem se pode flutuar
não voam nem se pode flutuar
eh! oh! oh! vida de gado
POVO MARCADO EH! POVO FELIZ...


 
Talvez o Brasil seja um dos  Países que  mais tem preconceito: Racial, religioso, sexual...
Mesmo assim a grande massa procura ser feliz . Como diz a música, é duro tanto ter que caminhar
e dar muito mais do que receber
e ter que demonstrar sua coragem
à margem do que possa parecer....




Amigos Para Sempre
Jayne



Eu não tenho nada pra dizer
Você parece no momento até saber
O quanto eu estou sofrendo
Vem, veja através dos olhos meus
A emoção que sinto em estar aqui
Sentir seu coração me amando
Amigos para sempre é o que nós iremos ser
Na primavera ou em qualquer das estações
Nas horas tristes, nos momentos de prazer
Amigos para sempre
Amigos para sempre é o que nós iremos ser
Na primavera ou em qualquer das estações
Nas horas tristes, nos momentos de prazer
Amigos para sempre
Você pode estar longe, muito longe sim
Mas por te amar, sinto você perto de mim
E o meu coração contente
Não nos perderemos, não te esquecerei
Você é a minha vida, tudo que sonhei
E quis para mim um dia
Amigos para sempre é o que nós iremos ser
Na primavera ou em qualquer das estações
Nas horas tristes, nos momentos de prazer
Amigos para sempre
Amigos para sempre é o que nós iremos ser
Na primavera ou em qualquer das estações
Nas horas tristes, nos momentos de prazer
Amigos para sempre
 
A letra  é linda e forte, como é difícil uma grande e verdadeira amizade. Infelizmente um verdadeiro amigo é difícil, mas quem tem a felicidade de ter, é um verdadeiro presente de Deus. 


A Solidão
Jayne



Marco foi embora para não voltar
É triste a dor de amar, invade e faz sofrer
Feriu meu coração, não deu pra evitar
Levou minha paixão, minha felicidade
Por mais que esteja longe, Marco está em mim
Te sinto respirar, penso que estás aqui
Nem a distância enorme pode dividir
Dois corações e um amor sem fim
Será que você pensa em mim
E com ninguém quer comentar
Se você sofre como eu
Então se afasta e se vai
Pro quarto e dorme sem jantar
Fecha os seus olhos pra sonhar
Chorando chega a soluçar
Será que sabe quanto mal trará a solidão
Olho em meu diário sua fotografia
Com olhos de menino um pouco tímido
Aperto contra o peito e me parece que
Estás aqui entre inglês e matemáticas
Teu pai e seus conselhos, que monotonia
Por causa do trabalho e outras tonterias
Levou você pra longe sem lhe dar motivo
E disse Um dia você entenderá
Será que você pensa em mim
Com meus amigos estarás
Pensando só em me esquecer
Não é nada fácil encarar
Na escola já não posso mais
E a tardinha é pior
Não tenho gana de estudar
Por você o pensamento vai
É impossível dividir assim
A vida de nós dois
Por isso espera-me carinho meu
Conserva essa ilusão
A solidão entre nós dois
Esse silêncio a me calar
Essa inquietude de passar assim
A vida sem amor
Por isso espera-me por que
Isso não pode acontecer
É impossível separar assim
A história de um amor
 
Como é triste a solidão, mas a solidão que mais dói é que mesmo acompanhado de alguém a pessoa sente-se só, esquecida... Como a letra retrata fortemente: A solidão entre nós dois
Esse silêncio a me calar
Essa inquietude de passar assim
A vida sem amor


As Baleias
Roberto Carlos



Não é possível que você suporte a barra
De olhar nos olhos do que morre em suas mãos
E ver no mar se debater o sofrimento
E até sentir-se um vencedor neste momento
Não é possível que no fundo do seu peito
Seu coração não tenha lágrimas guardadas
Pra derramar sobre o vermelho derramado
No azul das águas que você deixou manchadas
Seus netos vão te perguntar em poucos anos
Pelas baleias que cruzavam oceanos
Que eles viram em velhos livros
Ou nos filmes dos arquivos
Dos programas vespertinos de televisão
O gosto amargo do silêncio em sua boca
Vai te levar de volta ao mar e à fúria louca
De uma cauda exposta aos ventos
Em seus últimos momentos
Relembrada num troféu em forma de arpão
Como é possível que você tenha coragem
De não deixar nascer a vida que se faz
Em outra vida que sem ter lugar seguro
Te pede a chance de existência no futuro
Mudar seu rumo e procurar seus sentimentos
Vai te fazer um verdadeiro vencedor
Ainda é tempo de ouvir a voz dos ventos
Numa canção que fala muito mais de amor
Seus netos vão te perguntar em poucos anos
Pelas baleias que cruzavam oceanos
Que eles viram em velhos livros
Ou nos filmes dos arquivos
Dos programas vespertinos de televisão
O gosto amargo do silêncio em sua boca
Vai te levar de volta ao mar e à fúria louca
De uma cauda exposta aos ventos
Em seus últimos momentos
Relembrada num troféu em forma de arpão
Não é possível que você suporte a barra
 
Como é possível o ser humano não ter amor por esses animais, gente ainda é tempo, Ainda é tempo de ouvir a voz dos ventos
Numa canção que fala muito mais de amor
Seus netos vão te perguntar em poucos anos
Pelas baleias que cruzavam oceanos... Como seria maravilhoso  o ser humano pensasse um pouco mais antes de agir numa fúria loca, numa ganância sem medidas... Mas a natureza dá o troco pensem nisso.


Sozinho
Caetano Veloso



Às vezes no silêncio da noite
Eu fico imaginando nós dois
Eu fico ali sonhando acordado
Juntando o antes, o agora e o depois
Por que você me deixa tão solto?
Por que você não cola em mim?
Tô me sentindo muito sozinho
Não sou nem quero ser o seu dono
É que um carinho às vezes cai bem
Eu tenho meus desejos e planos secretos
Só abro pra você mais ninguém
Por que você me esquece e some?
E se eu me interessar por alguém?
E se ela, de repente, me ganha?
Quando a gente gosta
É claro que a gente cuida
Fala que me ama
Só que é da boca pra fora
Ou você me engana
Ou não está madura
Onde está você agora?
Quando a gente gosta
É claro que a gente cuida
Fala que me ama
Só que é da boca pra fora
Ou você me engana
Ou não está madura
Onde está você agora?
 
Às vezes contribuímos para que alguém nos abandone, nos esqueça e suma.
Temos que pensar no ontem, no amanhã, mas agirmos corretamente no presente. Falar que ama não basta, o amor é como uma plantinha deve ser cultivada pra não morrer. 



Romaria
Elis Regina



É de sonho e de pó
O destino de um só
Feito eu perdido
Em pensamentos
Sob o meu cavalo
É de laço e de nó
De jibeira o jiló
Dessa vida
Cumprida a só
Sou caipira, pirapora
Nossa Senhora de Aparecida
Ilumina a mina escura e funda
O trem da minha vida (2x)
O meu pai foi peão
Minha mãe solidão
Meus irmãos
Perderam-se na vida
À custa de aventuras
Descasei, joguei
Investi, desisti
Se há sorte
Eu não sei, nunca vi
Sou caipira, Pirapora
Nossa Senhora de Aparecida
Ilumina a mina escura e funda
O trem da minha vida (2x)
Me disseram, porém
Que eu viesse aqui
Prá pedir de
Romaria e prece
Paz nos desaventos
Como eu não sei rezar
Só queria mostrar
Meu olhar, meu olhar
Meu olhar
Sou caipira, pirapora
Nossa Senhora de Aparecida
Ilumina a minha escura e funda
O trem da minha vida (2x)


Como é bom ter fé, a esperança é a ultima que morre e mesmo na dúvida se tem sorte ou não tendo fé e esperança a vida será iluminada. Nossa Senhora Aparecida, a Padroeira do Brasil Olhai por todos nós brasileiro.

9 comentários:

  1. Muito interessante viu, gostei bastante.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  2. Adorei as refexões...

    ResponderExcluir
  3. Que gosto musical refinado! Obrigada.Vai ajudar e muito na minha pratica pedagógica.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. parabens belas letras de musicas amei e tao bom

    ResponderExcluir
  6. Interessante,gostei e sempre bom, essas reflexões. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito! Estava procurando exatamente isso! Obrigada!

    ResponderExcluir
  8. Músicas para refletir... Cruz de tecido do rappa, que fala de um aciente de vôo. O velho e o moço e conversa de botas batidas de Los Hermanos. Túneo do tempo de Engenheiros do Hawaii. Marvin de Titãs. Mensagem de Amor de Caetano Veloso.

    ResponderExcluir

Muitas vezes, a correria de nossas vidas nos impede de dar atenção ao que realmente vale a pena. E agradecer é uma das coisas que acabam ficando esquecidas na correria do dia-a-dia.
Pode ser por um simples favor ou por uma grande atitude, mas o agradecimento nunca deve ser esquecido. Obrigado Por Sua Atenção e Pelo Carinho e por ter vindo até aqui e deixando seu comentário importantíssimo para o engrandecimento das postagens. SEJA SEMPRE BEM VINDO(A) Profª Lourdes Duarte