MEUS SEGUIDORES

terça-feira, 4 de setembro de 2012

O DESERTO

O DESERTO ( Autor desconhecido)


Um homem estava viajando com seu jipe pelo deserto, até que seu jipe quebrou. Então, desesperado, o homem começou a caminhar.
Caminhou durante horas e horas até o anoitecer.

A noite no deserto é muito fria e o homem, já exausto, não tinha mais esperanças. Então ele começou a pensar que se não morresse de frio naquela noite, certamente no dia seguinte, com o sol ardente e o calor escasso, morreria de sede.


O homem adormeceu e quando amanheceu, não estava morto.


Completamente sem esperanças, abriu os olhos e viu que estava bem perto de um oásis, com pessoas e um imenso lago.

 

Moral da história:
Há sempre um oásis perto de nós, basta abrirmos nossos olhos e procurarmos que o acharemos.


Imagens: Cópias do Google

3 comentários:

  1. Olá Profª!!!
    Eu simplesmente fiquei encantada com esse texto....profundo...
    Sobre seu blog: lindo, lindo, lindo!!!
    Parabéns pela iniciativa de promover um blog voltado à literatura, principlamente em um país como o nosso que não valoriza muito essa arte, não é?
    Bjos e sucesso!!!
    www.pontodopontocruz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jacira! Que bom, volte sempre, este cantinho é nosso. Abraçoss

      Excluir
  2. É verdade... ter esperança nos dar força para alcançar nosso objetivo. É á fundamental.Bjosss

    ResponderExcluir

Muitas vezes, a correria de nossas vidas nos impede de dar atenção ao que realmente vale a pena. E agradecer é uma das coisas que acabam ficando esquecidas na correria do dia-a-dia.
Pode ser por um simples favor ou por uma grande atitude, mas o agradecimento nunca deve ser esquecido. Obrigado Por Sua Atenção e Pelo Carinho e por ter vindo até aqui e deixando seu comentário importantíssimo para o engrandecimento das postagens. SEJA SEMPRE BEM VINDO(A) Profª Lourdes Duarte