MEUS SEGUIDORES

terça-feira, 19 de junho de 2012

REFLEXÃO: O CADERNO- PADRE FÁBIO DE MELO.

  

O CADERNO

Eu não sei se você se recorda do seu primeiro caderno...

Eu me recordo do meu. Com o meu primeiro caderno, eu aprendi muita coisa, foi nele que descobri que a experiência dos erros era tão importante quanto as experiências dos acertos, porque vistos de um jeito certo, os erros nos preparam para vitórias e conquistas futuras.

Não há aprendizado na vida que não passe por experiências dos erros.

O caderno é uma metáfora da vida, quando os erros cometidos eram demais eu me recordo que a nossa professora nos sugeria que virasse a página era um jeito interessante de descobrir a graça que há nos recomeços.

Ao virar a página, os erros cometidos deixavam de nos incomodar e cresciamos a partir deles.

O caderno nos ensina que erros não precisam ser fontes de castigos, erros podem ser fontes de virtudes.

Na vida é a mesma coisa, o erro tem que estar a serviço do aprendizado, ele não tem que ser fonte de culpas e vergonhas.

Nenhum ser humano pode ser verdadeiramente grande sem que seja capaz de reconhecer os erros que cometeu na vida.

Uma coisa é a gente se arrepender do que fez, outra coisa é agente se sentir culpado. Culpas nos paralisam, arrependimentos não, eles nos laçam para frente, nos ajudam a corrigir os erros cometidos.

Deus é semelhante ao caderno, Ele nos permite os erros pra que a gente aprenda a fazer do jeito certo.

Você tem errado muito? Não importa. Aceite de Deus esta nova página de vida que tem o nome de hoje.

Recorde-se das lições do seu primeiro caderno quando os erros forem demais, vire a página!

Pe. Fábio de Melo

Um comentário:

  1. Adorei trabalhar a mensagem de P. Fábio com os meus alunos. Os fiz refletirem sobre como é bom deixar as coisas ruins de lado e recomeçar de novo em cima dos erros.

    ResponderExcluir

Muitas vezes, a correria de nossas vidas nos impede de dar atenção ao que realmente vale a pena. E agradecer é uma das coisas que acabam ficando esquecidas na correria do dia-a-dia.
Pode ser por um simples favor ou por uma grande atitude, mas o agradecimento nunca deve ser esquecido. Obrigado Por Sua Atenção e Pelo Carinho e por ter vindo até aqui e deixando seu comentário importantíssimo para o engrandecimento das postagens. SEJA SEMPRE BEM VINDO(A) Profª Lourdes Duarte