MEUS SEGUIDORES

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

AMOR TRANSCENDENTAL Profª Lourdes Duarte



AMOR TRANSCENDENTAL
Profª Lourdes Duarte


Quando dois corações se reencontram
Pulsam no mesmo ritmo e intensidade
Numa conexão espiritual de vidas passadas
Um amor forte que venceu a morte.


Quando duas almas se reencontram
O tempo que passou é mera ilusão
Basta se olhar ou falar, um oi, tudo bem?
Inconscientemente reconhecem -se
Como se existisse forte ligação.


Transbordam do cálice de amor
Os pequenos gestos de carinho...
Almas apaixonadas se encontram
Há! vivendo um para o outro
No calor do prazer e do amor.


Elo afetivo, transcendental
Empatia inexplicável surreal
Almas gêmeas que se encontram
Um amor além do tempo
Um  forte, um  ardente amor!


******






Amigos, para escrever essa poesia, pesquisei, sobre o tema e encontrei neste site, https://www.astrocentro.com.br/blog/espiritual/possivel-reconhecer-amor-vidas-passadas/ uma matéria muito interessante que indico para quem desejar aprofundar os conhecimentos sobre este assunto.
Sou católica, mas respeito todas as religiões e crenças porque acredito que Deus é único, para todos os cristãos. Deus é um Dogma de fé.

AMOR DE VIDAS PASSADAS

Um amor de vidas passadas não é fácil de reconhecer, primeiramente porque no plano físico não nos lembramos das nossas vidas anteriores, porque esquecemos nossas lembranças que ficam adormecidas, apenas nos conectando a elas no plano espiritual. Já na espiritualidade sim é possível perceber o sentimento do elo afetivo transcendental entre duas almas.
A conexão espiritual, de acordo com o espiritismo, transcende a matéria do corpo e o tempo, passando pelas gerações e encarnações do plano físico. Quando duas almas que se amam se encontram, talvez não percebam imediatamente, mas sentem uma empatia mútua fora do comum, profunda e inexplicável.
Um esotérico faz estudos sobre seu passado e lança previsões sobre a sua vida amorosa. Faça uma consulta personalizada Agora!
Como reconhecê-lo?
A vida que vivemos no presente não é única, tendo nossa vida atual reflexos, karmas e também amores do passado. Para reconhecê-los você só precisa se conectar profundamente consigo mesmo, com exercícios de meditação para melhorar seu autoconhecimento e ser uma pessoa receptiva ao mundo em si.
Fique atento aos sinais, e se alguém cruzar seu caminho e você sentir uma empatia surreal pode ser que esse sentimento seja mais antigo do que pensa, e um amor do passado pode estar na sua frente.
Mas lembre-se que não estamos falando apenas de amantes e casais, mas também de irmãos, mães e amigos, pois muitas vezes este sentimento se manifesta de formas misteriosas e precisamos aceitar a forma a qual nosso amor antigo encarnou nessa vida e amá-lo tanto quanto na vida passada.
O que fazer quando se reencontram com destinos já definidos?
Mesmo que você consiga encontrar seu amor do passado nessa encarnação, não significa que necessariamente ficarão juntos. Isso ocorre porque há reencontros que acontecem quando as duas almas já estão comprometidas com outras pessoas e famílias, impossibilitando o reencontro. É preciso ter um alto poder de resignação e coragem para abrir mão desse amor em prol da vida vigente dele.
Outro caso comum em afetos verdadeiros é que eles não se encontrem porque estão individualmente vivendo outras experiências e ampliando seus laços com outras almas. Nesse caso, as almas aliviam a saudade através de visitas em espírito, ou seja, nos sonhos. Não se desespere se esse ou o exemplo acima forem o seu caso, se o amor é eterno e transcendente se vocês não conseguiram se encontrar nessa encarnação, na próxima conseguem, até lá busque equilíbrio espiritual e seja feliz.




22 comentários:

  1. Muito interessante e legal essa postagem! Também sou muito católica, mas o espiritismo é muito forte na minha família. Minha mãe sempre deu valor a essa religião, minhas tias são espíritas e os mistérios que envolvem essa religião me atraem demais. Amei a poesia e vou visitar esse site, muito me interessa. Beijos e um fim de semana maravilhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida lúcia! O tema é muito interessante e o fato de sermos desse ou daquela religião não nos impede de conhecer as doutrinas de outras. Grata pela visita, volte sempre. Abraçoss

      Excluir
  2. Nunca tinha ouvido falar e é realmente um assunto muito interessante...
    O poema está uma delícia.
    Abraço, Lourdes.~
    ~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, obrigada pela visita, fico feliz que gostou. Volte sempre, abraços

      Excluir
  3. Nunca tinha ouvido falar e é realmente um assunto muito interessante...
    O poema está uma delícia.
    Abraço, Lourdes.~
    ~~~~

    ResponderExcluir
  4. Amei a poesia um amor assim todos desejam sentir. Seguindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Messias, só um verdadeiro amor pode ser transcendental. Como o autor do texto destacou. Amor de pais, irmãos,filhos... Grata pela visita e por seguir o blog. Seja sempre bem vindo!

      Excluir
  5. Muito bom. Enche sempre os olhos ler estas coisas =)

    Beijocas

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida Lourdinhas!

    Espero k estejas bem, feliz e com mta alegria em tua vida. Se tudo não estiver decorrendo às mil maravilhas, a gente tem cérebro e vontade, portanto, vamos dando um jeito de melhorar a situação e a encarar, esperançadamente.

    Eu estou bem, pke o tempo sabe atenuar as dores e até a saudade de quem partiu. Sou mto positiva.

    Li teu poema, que está muito bem elaborado, como é hábito, mas olha que amores transcendentais há mto poucos, mas eles talvez ainda existam. No passado a gente sabe k eles existiram. Ora, quem não lembra do amor de Romeu e Julieta ou de Pedro e Inês?

    Qto a vidas passadas e reencarnação, eu não acredito, nem um pouco. Sabes, o homem, desde sempre, temeu a morte e quis viver para além dela, ou seja, para sempre, num mundo novo, onde o mal não existisse, portanto, nada melhor que criar uma doutrina k diga k você não encontrou ainda nessa encarnação o seu amor, ou pode ter encontrado, mas ele está comprometido com outra alma, então não desespere k na próxima encarnação vocês vão se reencontrar e se amar outra vez. Isto, tb, se aplica aos nossos familiares e amigos, dizem eles, a doutrina espírita de Allan Kardec. Ah, querida colega, isso me parece história para criança e panaceia para ir iludindo o Homem, a Humanidade.

    Eu não sei o k há para lá da morte física e ninguém veio cá ainda dizer o lá (não sei onde) se passa, mas a religião, e como alguém disse, é o ópio do povo. Sabes k fui batizada na mesma igreja k tu, católica, mas a nossa igreja ao longo dos tempos tem cometido barbaridades. Francisco, o Papa, afirmou k essa "história" de céu, purgatório e inferno não existem e k são conceitos criados pelos membros, pelo poder da igreja. O que te parece essa afirmação dele?
    No Santuário de Fátima em Portugal, e aquando da celebração, em 13-05 desse ano, do centenário do aparecimento de Nossa Senhora em 1917 (dá atenção à data, pke ela coincidiu com a revolução Russa)a três pastorinhos, de nomes, Jacinta e Francisco, que logo depois faleceram, e Lúcia, que entrou para um convento em total clausura e faleceu já com bastante, Francisco, o Papa, disse k não sabia se teria sido aparição ou visão dos pastorinhos. Mais uma dúvida atiçando a fogueira das nossas interrogações.

    A tua comentadora de nome Majo Dutra, é uma pessoa do sexo feminino. Te digo isso, pke tu agradeceste com a palavra amigo.

    Beijos, abraços e uma semana de paz e clarividência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Céu, o assunto é complexo porem curioso e como escrevi na postagem tive que ler um pouco sobre o assunto. Tenho amigos(as) e colegas de trabalho que são da doutrina espírita, os quais respeito muito assim como eles respeitam a religião que sigo. As diferenças existem no modo de pensar como você citou, são normas criadas pelos homens. De uma coisa é certa, existem mistérios e quem somos nós para desvendar ou criticar. Muito curioso o seu relato amiga em relação ao pronunciamento do Papa Francisco o qual admiro demais. Um santo e humilde homem de Deus.
      Obrigada por seu comentário que muito valorizou a postagem. Você é especial e sempre bem vinda. Abraçoss

      Excluir
  7. Un amor trascendental, que vive en nosotros eternamente es muy bello, gracias por este poema precioso, gracias por pasar por mi jardín de versos.
    Abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. querida Maria Rosário, obrigada pela visita e o comentário. Seja sempre bem vinda! Abraçoss

      Excluir
  8. Olá Lourdes querida

    Lindo seu poema... Encontro, reencontro e muito amor.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ani, obrigada por te ver de volta seguindo meu cantinho. Seja bem vinda amiga. Obrigada! Bjuss

      Excluir
  9. Boa noite, colega Lourdes!
    Lindas palavras, parabéns pela sensibilidade. Obrigada pela simpática visitinha em meu blogue.
    Tenha uma linda nova semana! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida GAM, feliz em tê-la aqui, volte sempre, uma semana de muita paz. Abraçoss

      Excluir
  10. Boa tarde, professora Lourdes,
    poema bem construído, de uma sensibilidade grandiosa.A doutrina de Alan Kardec é uma esperança para os cristãos, enfim para os que seguem Jesus Cristo.Gostei muitíssimo de seu poema pautado na doutrina espírita. A religião está no coração de cada um, por isso, vejo sua escrita com os olhos da alma. Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida Marli, fico feliz que gostou.Estudei um pouco para tentar entender. Como você bem se referiu, a religião está no coração de cada um, devemos respeitar. Abraçoss, volte sempre.

      Excluir
  11. Fui criada na religião católica, mas deixei de pensar em religiões, respeitando-as a todas e gostando muito do tema. Sempre digo que tento seguir os ensinamentos de Jesus Cristo, um homem excepcional que criou um igreja . De certeza que não concorda com o rumo que ela tomou e se viesse de novo à terra, teria de novamente expulsar os vendilhões do tempo. Quanto ao resto, não quero pensr muito, pois teria de me zangar com Deus; prefiro culpar a vida pelas desgraças cometidas contra as crianças, com a fome que sentem, com as doenças graves de que sofrem. É a vida, prefiro dizer. Amiga, gosto muito do tema religião, mas ela é feita de homens e eles são crueis tantas vezes, por isso agradeço o tema e parabenizo-te pela bela poesia. Um beijinho
    Emilia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigindo...vendilhões do templo
      bjo
      Emilia

      Excluir
  12. Querida amiga, li atentamente seu comentário e fiquei a pensar A igreija de Deus os homens mudam ditam normas, mas Deus é um só e nos ama independente da religião.Obrigada querida.Volte sempre.Bjus

    ResponderExcluir

Muitas vezes, a correria de nossas vidas nos impede de dar atenção ao que realmente vale a pena. E agradecer é uma das coisas que acabam ficando esquecidas na correria do dia-a-dia.
Pode ser por um simples favor ou por uma grande atitude, mas o agradecimento nunca deve ser esquecido. Obrigado Por Sua Atenção e Pelo Carinho e por ter vindo até aqui e deixando seu comentário importantíssimo para o engrandecimento das postagens. SEJA SEMPRE BEM VINDO(A) Profª Lourdes Duarte