MEUS SEGUIDORES

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

MENSAGEM DO DIA "O SILÊNCIO"





O SILÊNCIO


Aprende com o silêncio a ouvir os sons interiores da sua alma, a calar-se nas discussões e assim evitar tragédias e desafetos, aprende com o silêncio a respeitar a opinião dos outros, por mais contrária que seja da sua, aprende com o silêncio a aceitar alguns fatos que você provocou, a ser humilde deixando o orgulho gritar lá fora.

Aprende com o silêncio a reparar nas coisas mais simples, valorizar o que é belo, ouvir o que faz algum sentido, evitar reclamações vazias e sem sentido, aprende com o silêncio que a solidão não é o pior castigo, existem companhias bem piores….

Aprende com o silêncio que a vida é boa, que nós só precisamos olhar para o lado certo, ouvir a música certa, ler o livro certo, que pode ser qualquer livro, desde que você o leia até o fim.

Aprende com o silêncio que tudo tem um ciclo, como as marés que insistem em ir e voltar, os pássaros que migram e voltam ao mesmo lugar, como a Terra que faz a volta completa sobre o seu próprio eixo, complete a sua tarefa.

Aprende com o silêncio a respeitar a sua vida, valorizar o seu dia, enxergar em você as qualidades que possui, equilibrar os defeitos que você tem e sabe que precisa corrigir e enxergar aqueles que você ainda não descobriu .

Aprende com o silêncio a relaxar, mesmo no pior trânsito, na maior das cobranças, na briga mais acalorada, na discussão entre familiares, aprende com o silêncio a respeitar o seu “eu”, a valorizar o ser humano que você é, a respeitar o Templo que é o seu corpo, e o santuário que é a sua vida.

Aprende hoje com o silêncio, que gritar não traz respeito, que ouvir ainda é melhor que muito falar, e em respeito a você, eu me calo, me silencio, para que você possa ouvir o seu interior que quer lhe falar, desejar-lhe um dia vitorioso e confirmar que você é especial.

Desconheço a autoria

3 comentários:

  1. Bom dia caríssima Lourdes! Boa escolha fizeste, o tema é ótimo, o texto tb está ótimo.

    O som do silêncio

    O silêncio é o tormento da língua
    É uma resposta sigilosa, é uma arte
    O som do silêncio, à raiva míngua
    Queda a fúria da outra parte

    É o desafio que à boca adestra
    Ensurdece a acuidade auditiva
    A palavra ofensiva não prospera.
    O calar, doma a alma sensitiva

    Palavras mal colocadas pela euforia
    Causam um posterior arrependimento
    Calar para que o outro sorria
    Evita certo constrangimento

    Impulsos incontidos geram conflitos
    Da mudez nasce o entendimento
    A boca muda digere os atritos
    Não macula o comportamento.

    dinapoetisadapaz

    Tenha um abençoado dia querida, Fraterno abraço.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Lourdes. Há muito que aprendi com o silêncio, mas vejo que também há muito a aprender ainda.
    Lindo post!

    ResponderExcluir
  3. Olá Lourdes! Como está?
    Há tempo não nos visitamos e espero que esteja bem!
    O texto é verdadeiro em cada palavra e nos exorta à uma prática tão pouco exercitada hoje em dia. Parece que temos sempre razão e que precisamos por para fora tudo que pensamos, mas é justamente o silêncio que mais nos ensina e que nos dá o devido tempo para falar o que é preciso e somente na hora certa.
    Um grande, apertado e saudoso abraço!

    ResponderExcluir

Muitas vezes, a correria de nossas vidas nos impede de dar atenção ao que realmente vale a pena. E agradecer é uma das coisas que acabam ficando esquecidas na correria do dia-a-dia.
Pode ser por um simples favor ou por uma grande atitude, mas o agradecimento nunca deve ser esquecido. Obrigado Por Sua Atenção e Pelo Carinho e por ter vindo até aqui e deixando seu comentário importantíssimo para o engrandecimento das postagens. SEJA SEMPRE BEM VINDO(A) Profª Lourdes Duarte