MEUS SEGUIDORES

quinta-feira, 29 de maio de 2014

UMA VELHA LUA





UMA VELHA LUA
Autora: Profª Lourdes Duarte


Depois de uma tarde sereníssima
Sob o céu limpo e encantador
Surge a lua cor de prata
Suave com seu manto cobre a terra
E no espaço flutua e paira.


Quando as eminências se azulam
Logo ao cair da noite
O seu brilho ora fosco ora prateado
Se confunde com a luz crepuscular
Por traz das colinas quando desponta.

.
Uma velha lua, que encanta a todos
Como uma canção que desnuda a alma
A lua desce a terra como um véu de noiva
Inebriando os corações enamorados.


Lua nova, lua cheia ou quarto crescente
Em todas suas fases tem mistérios
O que importa é que do alto do céu
Exuberante impera sobre a terra.



Um comentário:

Muitas vezes, a correria de nossas vidas nos impede de dar atenção ao que realmente vale a pena. E agradecer é uma das coisas que acabam ficando esquecidas na correria do dia-a-dia.
Pode ser por um simples favor ou por uma grande atitude, mas o agradecimento nunca deve ser esquecido. Obrigado Por Sua Atenção e Pelo Carinho e por ter vindo até aqui e deixando seu comentário importantíssimo para o engrandecimento das postagens. SEJA SEMPRE BEM VINDO(A) Profª Lourdes Duarte