MEUS SEGUIDORES

sábado, 24 de maio de 2014

MENSAGEM DO DIA 24-05-2014"OS PESSIMISTAS





OS PESSIMISTAS

Certa vez, um poderoso rei, para comemorar o aniversário de seu amado filho,
resolveu fazer uma grande festa para todos os seus súditos.
Entre as muitas atrações do evento, havia um desafio que a todos interessou:
era "a escalada ao poste".
No alto de um gigantesco mastro havia uma cesta repleta de ouro e de comida.
Aquele que conseguisse alcançar o topo daquele poste poderia se deliciar com
a comida e pegar para si todo o ouro.
Muitos dos que estavam presentes, pretendiam participar daquele desafio.
Quando o rei autorizou, foi dado início à prova.
O primeiro a participar foi um rapaz alto e forte.
Ele tomou uma distância curtíssima e começou a subir no poste.
Não chegara nem à metade, quando, cansada e irritada, desistiu.
Enquanto descia, dizia que o poste era alto demais e que não havia nenhuma
possibilidade de que alguém alcançasse o prêmio.
Blasfemava baixinho para que seus queixumes não fossem ouvidos pelo rei, mas
sugeriu àqueles que se aproximavam dele que não tentassem, a fim de que o
rei se visse obrigado a diminuir o tamanho do mastro.
Alguns súditos, influenciados pelas palavras do jovem, sentiram-se
decepcionados com o rei e foram embora cabisbaixos e choramingando.
Outros proferiram contra o rei palavras de desapontamento.
De repente, porém, do meio da multidão surgiu um garotinho muito magro e de
aparência franzina.
Tomou distância, aproveitando o tumulto criado pelo jovem rapaz que o
antecedera, e, correndo como o vento, iniciou sua subida no mastro.
Na primeira tentativa não teve êxito.
Quando se preparava para tentar novamente, as pessoas ao redor gritavam:
"desista! Desista!"
Mesmo assim ele persistiu. Parecia mais convicto do que da primeira vez.
Afastou-se e, com energia, agarrava-se ao mastro, ganhando altura com muito
empenho.
Minutos depois, após ter realizado indescritível esforço, o garoto, diante
do olhar admirado de todos, atingiu o topo e a cesta repleta de ouro e
comida.
Alguns o aplaudiram; outros, incrédulos, comentavam a proeza.
O rei, admirado pela determinação do vencedor, imediatamente foi procurar o
pai do garoto para buscar uma explicação sobre o ocorrido.
"Meu senhor, como pôde esse menino, tão pequeno e fraco, alcançar um
objetivo tão difícil, enquanto todos o instigavam a desistir?" - questionou
curioso o soberano.
Sorrindo, com o filho nos braços, o pai esclareceu: "duas coisas motivaram o
meu filho a agir da forma como agiu: a primeira é a fome, porque há dias o
pobre não come nada. E a segunda é porque ele é surdo, e não ouviu nenhuma
das palavras desencorajadoras que lhe foram dirigidas." 
 

livro As mais belas parábolas de todos os tempos, vol. I, organizado por Alexandre Rangel, Ed.
Leitura, pp. 94/95.

4 comentários:

  1. Que lição de vida! Quando tempos um propósito definido, não
    importa os obstáculos, chegaremos no alvo que sonhamos.
    Bela história. Desejo a vc um dia lindo. bjsss

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Lourdes!
    Já conhecia a história, acho interessante
    Gostei de reler.
    Bom fim de semana.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Oi Profª Lourdes!
    Uma bela lição...
    muitas vezes, o melhor a fazer é fingir que não ouvimos,
    pois sempre haverá quem nos critique, poucos são os incentivadores.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Um linda lição de vida, mesmo
    assim, com dificuldades temos que lutar
    para vencer, não devemos desistir nunca
    bela motivação...gostei

    Tenha um ótimo domingo
    Bjusss
    Rita!!!

    ResponderExcluir

Muitas vezes, a correria de nossas vidas nos impede de dar atenção ao que realmente vale a pena. E agradecer é uma das coisas que acabam ficando esquecidas na correria do dia-a-dia.
Pode ser por um simples favor ou por uma grande atitude, mas o agradecimento nunca deve ser esquecido. Obrigado Por Sua Atenção e Pelo Carinho e por ter vindo até aqui e deixando seu comentário importantíssimo para o engrandecimento das postagens. SEJA SEMPRE BEM VINDO(A) Profª Lourdes Duarte