MEUS SEGUIDORES

terça-feira, 7 de maio de 2013

SER MÃE





Ser mãe

Ser mãe dói.

Dói quando o filho nasce e ela se pergunta como vai saber educar. Dói quando, tendo o futuro todo pela frente, ela se sente perdida, como se o mundo não tivesse continuação. Dói quando filho chora de noite e ela não sabe bem como acalmá-lo. Ela aprende, então, a interpretar cada choro pra entender seu bebê.

Ser mãe dói quando filho fica doente e ela quer trocar de lugar com ele e não pode. Dói quando ela não sabe o que fazer.

Ser mãe dói quando filho não quer começar a escola e ela precisa fazer um esforço sobrenatural para não chorar e deixá-lo começar a vida de gente grande. Ela chora escondida depois. Mas dói também, quando, deixando o filho na escola, ele dá um sorriso e diz adeus. Dói sentir que ele desprega-se, solta-se, torna-se independente. Como dói!!!

Ser mãe dói quando filho tem problemas na escola e ela precisa ouvir com naturalidade as queixas. Dói a adolescência, as questões existenciais.

Deve doer demais ver um filho indo para a guerra. Deve doer imensamente ver filho seguindo caminhos diferentes dos que julgamos corretos. Mãe que vê filho sofrendo, sofre dobrado.

Ser mãe é uma missão que dói a vida inteira.

Ser mãe é ter a dádiva do dar. Ela planta e sabe que não é pra ela.

Jesus também teve mãe. E deve ter doído nela mais que em qualquer outra mulher do mundo.

Uma mãe é uma ponte entre os céus e a terra. É o ser escolhido por Deus, certamente o mais bendito de toda a criação, para que a terra se encha e se multiplique.

Ser mãe dói sim. Mas engrandece também. A medida da dor é também a medida da alegria de ver filho feliz.

A maternidade é a coroa de toda mulher. De espinhos... mas de flores também!

Benditas sejam todas as mães do mundo!!!



Letícia Thompson



10 comentários:

  1. Oi, querida Lourdes!

    Tudo bem?

    Estou voltando às lides de meus blogs, e me sinto muito feliz por estar com você, de novo.

    O Dia da Mães se comemorou, em Portugal, domingo passado, e hoje, aí. Bem pertinho, não é verdade?

    Letícia Thompson escreve maravilhosamente. Ser mãe é o ato mais perfeito e completo da natureza.

    Você escolheu muito bem, esse texto. É apropriadíssimo.

    Tenha uma noite abençoada.
    Beijos da Luz, com carinho.

    PS: meu mais recente poema se encontra no "Luzes e Luares". Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Luz, seja sempre bem vinda! obrigada pela visita, volte sempre, é um prazer. bjuss

      Excluir
  2. Boa noite querida !
    Quando se é mãe, nunca se está sozinha em seus pensamentos. Uma mãe sempre dever pensar por dupla - uma vez por ela e outra por seu filho.
    Bjs de boa noite !!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite minha querida! obrigada pela visita e lindo comentário. Bjus

      Excluir
  3. Linda mensagem e homenagem às mães que passam pelos momentos todos ,sempre prontas pra mais e mais, pelo filhos! beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada Chica!!! verdade, concordo com você, mas mãe é mãe!! Bjuss

      Excluir
  4. MAS A SENHORA DECULPE. E QUEM...? VAI ME DIZER QUE... E O QUE?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade, como mãe vocÊ não vai saber como é este amor, mas como filho acredito que sentiu ou sente amor pala sua mão. faça um exAME DE CONSCIÊNCIA.

      Excluir
  5. Respostas
    1. NAS POSTAGENS TENHO EXPRESSADO OS MEUS SENTIMENTOS COMO MÃE E FILHA.

      Excluir

Muitas vezes, a correria de nossas vidas nos impede de dar atenção ao que realmente vale a pena. E agradecer é uma das coisas que acabam ficando esquecidas na correria do dia-a-dia.
Pode ser por um simples favor ou por uma grande atitude, mas o agradecimento nunca deve ser esquecido. Obrigado Por Sua Atenção e Pelo Carinho e por ter vindo até aqui e deixando seu comentário importantíssimo para o engrandecimento das postagens. SEJA SEMPRE BEM VINDO(A) Profª Lourdes Duarte