MEUS SEGUIDORES

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

MENSAGEM DO DIA 16-12-2013 " A HISTÓRIA DA ROSA"



A HISTÓRIA DA ROSA




   No primeiro dia de aula nosso professor se apresentou aos alunos, e nos desafiou a que nos apresentássemos a alguém que não conhecêssemos ainda.

Eu fiquei em pé para olhar ao redor quando uma mão suave tocou meu ombro. Olhei para trás e vi uma pequena senhora, velhinha e enrugada, sorrindo radiante para mim. Um sorriso lindo que iluminava todo o seu ser. Ela disse: “Ei, bonitão. Meu nome é Rosa. Eu tenho oitenta e sete anos de idade. Posso te dar um abraço?” Eu ri, e respondi entusiasticamente: “É claro que pode!”, e ela me deu um gigantesco apertão.

Não resisti e perguntei-lhe: “Por que você está na faculdade em tão tenra e inocente idade?”, e ela respondeu brincalhona: “Estou aqui para encontrar um marido rico, casar, ter um casal de filhos, e então me aposentar e viajar”. “Está brincando”, eu disse.

Eu estava curioso em saber o que a havia motivado a entrar neste desafio com a sua idade, e ela disse: “Eu sempre sonhei em ter um estudo universitário, e agora estou tendo um!”

Após a aula nós caminhamos para o prédio da união dos estudantes, e dividimos um milk shake de chocolate. Nos tornamos amigos instantaneamente. Todos os dias nos próximos três meses nós teríamos aula juntos e falaríamos sem parar.

Eu ficava sempre extasiado ouvindo aquela “máquina do tempo” compartilhar sua experiência e sabedoria comigo. No decurso de um ano, Rosa tornou-se um ícone no campus universitário, e fazia amigos facilmente, onde quer que fosse.

Ela adorava vestir-se bem, e revelava-se na atenção que lhe davam os outros estudantes. Ela estava curtindo a vida!

No fim do semestre nós convidamos Rosa para falar no nosso banquete de futebol. Jamais esquecerei o que ela nos ensinou. Ela foi apresentada e se aproximou do podium. Quando ela começou a ler a sua fala, já preparada, deixou cair três, das cinco folhas no chão.

Frustrada e um pouco embaraçada, ela pegou o microfone e disse simplesmente: “Desculpem-me, eu estou tão nervosa! Eu não conseguirei colocar meus papéis em ordem de novo, então deixem-me apenas falar para vocês sobre aquilo que eu sei”.

Enquanto nós ríamos, ela limpou sua garganta e começou: “Nós não paramos de jogar porque ficamos velhos; nós nos tornamos velhos porque paramos de jogar. Existem somente quatro segredos para continuarmos jovens, felizes e conseguir o sucesso. Primeiro, você precisa rir e encontrar humor em cada dia. Segundo, você precisa ter um sonho. Quando você perde seus sonhos, você morre. Nós temos tantas pessoas caminhando por aí que estão mortas e nem desconfiam! Terceiro, há uma enorme diferença entre envelhecer e crescer... Se você tem dezenove anos de idade e ficar deitado na cama por um ano inteiro, sem fazer nada de produtivo, você ficará com vinte anos. Se eu tenho oitenta e sete anos e ficar na cama por um ano e não fizer coisa alguma, eu ficarei com oitenta e oito anos. Qualquer um, mais cedo ou mais tarde ficará mais velho. Isso não exige talento nem habilidade, é uma consequência natural da vida. A idéia é crescer através das oportunidades. E por último, não tenha remorsos. Os velhos geralmente não se arrependem por aquilo que fizeram, mas sim por aquelas coisas que deixaram de fazer. As únicas pessoas que tem medo da morte são aquelas que tem remorsos”.

Ela concluiu seu discurso cantando corajosamente “A Rosa”. Ela desafiou a cada um de nós a estudar poesia e vivê-la em nossa vida diária. No fim do ano Rosa terminou o último ano da faculdade que começara há tantos anos.

Uma semana depois da formatura, Rosa morreu tranquilamente em seu sono. Mais de dois mil alunos da faculdade foram ao seu funeral, em tributo à maravilhosa mulher que ensinou, através de seu exemplo, que nunca é tarde demais para ser tudo aquilo que você pode provavelmente ser, se realmente desejar.

Lembre-se: Envelhecer é inevitável, mas crescer é opcional!





QUERIDOS LEITORES E AMIGOS

Estou com 61 anos ,  sou professora, na ativa nas redes Municipal e Estadual, início de 2014 me aposentarei da rede Municipal, continuarei na ativa na Estadual esperando completar os tempos de serviço, faltam nove anos.


    Sou dona de casa, esposa, mãe, avó, amiga, irmã, filha, graças a Deus tenho mãe que é um tesouro,  costuro nas horas vagas  e assumo com responsabilidade tudo que faço, pois sou exigente comigo mesma. Gosto de me divertir, viajar... Procuro dentro das minhas limitações, viver bem. Cuido dos meus blogs, sites e páginas na Internet. Aproveito para me desculpar por não está assiduamente fazendo as visita. Estudo, procuro sempre me especializar para acompanhar as transformações que acontecem na educação e em outras áreas de conhecimento.  Gosto de ler e escrever.

   Não costumo falar de mim, mas quando li este belo texto, me identifiquei. Penso exatamente assim, há pouco tempo uma jovem me perguntou “ A Senhora ainda sonha? “ Respondi : Deixarei de sonhar quando morrer.

 A vida não acaba com a velhice. Aqui neste plano, a vida acaba quando partimos para a casa do pai, e só Ele sabe o dia. Portanto devemos viver, sonhar e  lutar por nossos sonhos  a cada dia,  como se cada dia fosse o último.

O Natal está próximo, que a luz do Menino Jesus nos guie sempre e que sejamos felizes e agradecidos por cada dia de vida.


FELIZ NATAL E UM ANO NOVO CHEIO DE PAZ COM POSSIBILIDADES DE SERMOS MAIS FELIZES NUM MUNDO MUITO MAIS HUMANO E PROMISSOR.


Abraços, Prof ª Lourdes Duarte



8 comentários:

  1. Lourdes,que história mais linda a da Rosa! Me encantei! Obrigad por suas belas palavras e desejo a vc um Natal maravilhoso junto á sua familia! bjs,

    ResponderExcluir
  2. Já conhecia esta história, mas adorei reler tudo, pois não me lembrava muito bem. Historia linda e verdadeira da D.Rosa.
    Gostei de ler tb a sua historia logo abaixo.
    Sonhar é sempre muito bom.
    Lembro do meu pai, que já acamado, perto de morrer ainda fazia planos. Sonhava.
    Feliz Natal para vc. tb. Bjs, Lourdes.

    ResponderExcluir
  3. Muito linda esta história!
    Desejo á Lourdes e sua familia um
    Santo Feliz Natal, um próspero 2014.
    Muita saude Paz e Amor.
    Saude, Paz para todo mundo
    Bjs Amelia

    ResponderExcluir
  4. Lourdes, adorei a história e tenho 5 aninhos a mai que você.Foi só parar de trabalhar fiquei doente...Mas meus sonhos continuam através do meu único filho.
    Agradeço a visita desejando-lhe um feliz Natal extensivo a sua família
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  5. Lourdes:
    Também sou grata pelos suas gentis e agradáveis visitas.
    Sempre me deixando comentários carinhosos e prestigiando meu blog.
    Que nosso natal seja encantado e mágico.
    E que o Ano de 2014 seja repleto de realizações.
    Bjs.:
    Sil
    http://meusdevaneiosescritos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Renovo, aqui, os votos de um Feliz Natal, que manifestei em seu outro blog. Que seja de luz e harmonia. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Lourdes.
    Linda postagem,o sonhos nunca pode acabar.
    Uma linda semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Que saudades de suas pérolas,Lourdes!

    Estou ainda sem enxergar bem,pois quando operei tinha somente 20% de visão.


    Não retornei totalmente,pois meu marido vai operar.


    A pressão dele não estabiliza e ainda não pode fazer a cirurgia. Mas devo retornar em janeiro,se Deus quiser.

    Programo alguns posts que entram automaticamente.

    E venho sempre que posso liberar os comentários e agradecer,como faço com você agora.

    Continua em meus blogs favoritos,amiga.

    Beijokas, até breve.

    Um Natal e Ano Novo de bênçãos ,amiga.

    Linda semana!


    Donetzka

    Face Book:

    http://facebook.com/donetzka.cercck

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderExcluir

Muitas vezes, a correria de nossas vidas nos impede de dar atenção ao que realmente vale a pena. E agradecer é uma das coisas que acabam ficando esquecidas na correria do dia-a-dia.
Pode ser por um simples favor ou por uma grande atitude, mas o agradecimento nunca deve ser esquecido. Obrigado Por Sua Atenção e Pelo Carinho e por ter vindo até aqui e deixando seu comentário importantíssimo para o engrandecimento das postagens. SEJA SEMPRE BEM VINDO(A) Profª Lourdes Duarte